sexta-feira, 14 de julho de 2017

Parazinho (RN): Denúncias protocoladas no Ministério Público

Resultado de imagem para imagens de maracutaiasVárias denúncias  contra a prefeita de Parazinho (RN), Rita de Luzier, seu esposo ex-prefeito Genival Martins, o ex-Controlador Geral do Município – Wilson Barbalho da Fonseca Júnior e o professor Dióginys César Félix de Lima, foram protocoladas hoje (13), as 11:04 horas na sede das Promotorias de
Justiça da Comarca de João Câmara (RN), por desvios de recursos públicosfalsidade ideológicaimprobidade administrativa, corrupção passiva e ativa e formação de quadrilha.
– A documentação atrelada a denúncia, atesta que a prefeita Rita de Luzier, seu marido Genival Martins, o ex-Controlador Wilson Barbalho e o professor Dióginys Lima, fundaram uma empresa de fachada (D C F DE LIMA – ME) com sede fictícia na cidade de Tangará (RN), para desviar recursos da ordem de R$ 507.600,00 dos cofres da Prefeitura de Parazinho, através de contrato para a prestação de serviços administrativos a edilidade.
– Consta também na peça documental, um contrato no valor de R$ 9.900.000,00, firmado pela prefeita Rita de Luzier, com a empresa ÂNGELO MARCOS DA SILVA GURGEL – ME, que tem sede em Parnamirim (RN), para o fornecimento de peças automotivas e manutenção mecânica da frota oficial do Município.
– Foi anexado a denúncia cópias de notas de abastecimento de gasolina do Posto Central Combustíveis Parazinho Ltda, em nome da Prefeitura Municipalautorizadas e assinadas pelo ex-prefeito Genival Martinspara correligionários políticos.
– Outro crime ensejado na denúncia, são as nomeações de Pedro Silva de Oliveira e Anselmo José Pedro de Carvalho, para exercerem os cargos de Assessores da Guarda Municipal, que foram publicados no Diário Oficial da FEMURN.  Acontece que não existe o órgão Guarda Municipal em Parazinho.
Postar um comentário