quinta-feira, 29 de junho de 2017

DNIT autoriza estudo para analisar viabilidade da duplicação da BR-406

IMG_6481Atendendo à solicitação do senador Garibaldi Filho e do prefeito de Ceará-Mirim, Marconi Barretto, o diretor-geral do DNIT, Valter Casimiro Silveira, autorizou a realização de um estudo para avaliar a viabilidade técnica, econômica e ambiental da duplicação da BR-406, que liga Natal a Macau. A estimativa é que o levantamento dure em torno de 10 meses e envolve entrevista com moradores dos municípios por onde a estrada passa e análise do tráfego.
A BR-406 já está duplicada até a entrada do Aeroporto Internacional Aluízio Alves. Dali até Ceará-Mirim – trajeto de 16 quilômetros – há intenso tráfego devido à intensa movimentação de veículos e grande quantidade de caminhões de lixo. Eles depositam diariamente 2 mil toneladas dos dejetos recolhidos na Grande Natal, em aterro sanitário privado situado no distrito de Massaranduba. O estudo detectará se haverá necessidade da duplicação completa ou apenas em alguns pontos críticos ou se uma terceira faixa atenderia à demanda.
Durante a audiência com o diretor do DNIT, o senador Garibaldi Filho solicitou maior agilidade nos trâmites necessários para a retomada das obras da Reta Tabajara. Valter Silveira informou que até o final da primeira quinzena de julho o órgão responderá aos questionamentos feitos pelo Tribunal de Contas da União (TCU) que determinou a paralisação dos serviços no dia 25 de abril. O diretor manifestou sua confiança de que em agosto a obra poderá ser liberada para reiniciar.
Postar um comentário