terça-feira, 27 de junho de 2017

O perdão de Temer para Agripino, Rogério e Felipe...Agora lascou, perdoar dívidas!

perdão de temer
O governo de Michel Temer (PMDB) pretende perdoar a dívida do senador José Agripino Maia (DEM), o deputado federal Felipe Maia (DEM) e o relator da Reforma Trabalhista na Câmara, Rogério Marinho (PSDB), em troca do apoio deles às reformas da Previdência e Trabalhista. Os débitos dos três, somados, chegam à cifra de R$ 3,5 milhões.
Os valores abrangem dívidas atualizadas até março desse ano em nome dos próprios parlamentares, de empresas controladas por eles ou de companhias das quais figuram como sócios.
Dos três, José Agripino, presidente nacional do DEM, é quem mais deve à União. Ele está inscrito na dívida ativa com um débito registrado em seu nome no valor de pouco mais de R$ 38,8 mil. A cifra parece pequena, mas quando se soma a isso o montante devido pelas três empresas dele (TV Tropical, Rádio Libertadora de Mossoró e Fazenda São João), o número sobe para mais de R$ 3,1 milhões.
Felipe Maia, filho de Agripino, aparece na lista de devedores com um débito de pouco mais de R$ 153,8 mil. A dívida é em nome de quatro empresas das quais ele é sócio e/ou administrador: Rádio Curimataú de Nova Cruz, Rádio A Voz do Seridó, Alagamar Rádio Seridoense LTDA e LFC Motos e Veículos LTDA.
Já o tucano Rogério Marinho, segundo os dados da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, tem débito de R$ 111,8 mil com a União.
Postar um comentário